a>
  

Artigo escrito em novembro de 2011

Heróis Esquecidos: os professores brasileiros

* Por Cristovam Buarque

Nesta semana, o Brasil olhou para o Rio de Janeiro com orgulho pelo desempenho de seus policiais: alguns deles pelo heroísmo de recusar propina de traficante; outros pela competência e heroísmo de ocupar a Rocinha. Mas, surpreendentemente, o orgulho com o heroísmo de alguns brasileiros provoca um sentimento de vergonha em relação à estrutura social do país: afinal, onde estamos errando ao ponto de a honestidade virar gesto heróico; onde erramos, ao ponto de ser necessário hastear a bandeira do País, em seu próprio território, como se fosse conquista de território estrangeiro?

Se no Brasil a honestidade fosse adotada como valor fundamental, a recusa de propina não seria publicada nem seria prova de heroísmo. Não se pode negar o heroísmo dos policiais, nem a consequente satisfação e orgulho de cada brasileiro, mas é preciso refletir sobre as causas desse sentimento de orgulho vir acompanhado do constrangimento.

Se o Brasil tivesse investido de maneira eficiente e solidária nas políticas públicas em todos os locais, não teria sido necessário ocupar agora militarmente a Rocinha.

A ocupação militar de hoje, como se tomássemos um território estrangeiro, decorre de que, ao longo de décadas, tratamos a Rocinha como um território estrangeiro. Do ponto de vista dos investimentos públicos, os dados sociais da Rocinha são tão contrastantes com aqueles da parte rica do Rio de Janeiro que parecem corresponder a um país diferente. É isso que pode explicar o hasteamento da bandeira nacional na Rocinha depois da ocupação, como se a 7ª potência econô?mica invadisse o território de outro país em 84º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano.

A ideia das UPPs é ocupar militarmente para depois enfrentar a desigualdade na qualidade dos serviços públicos, transformando uma favela em bairro. Se no passado a Rocinha tivesse sido tratada como um bairro do Rio, hoje não seria necessária a ocupação militar para iniciar a transformação da favela em bairro.

Isso não diminui, até engrandece, os Policiais Militares e Civis, o Secretário de Segurança, o Governador e Vice-Governador pelas decisões tomadas e pelo sucesso das operações. Sobretudo o Tenente Disraeli. Mas o orgulho em relação a cada pessoa envergonha o país como um todo, pois é prova de que somos uma fábrica de heroísmos isolados, de pessoas que fazem o certo nadando contra a corrente, tolerando o errado.

Recusar propina deveria ser um ato simples, óbvio; como deveria ser óbvio investir igualmente na qualidade de vida em todas as regiões. Mas nos acostumamos com a corrupção e a desigualdade, a exceção é o heroísmo e a ocupação militar é solução.

A convivência com a corrupção, tanto no comportamento quanto nas prioridades, obscurece a percepção da fragilidade de nosso orgulho nesta semana. Perdemos o desejo de orgulho por razões diferentes daquelas dessa semana. Até não acredita ser possível o orgulho pela abolição do analfabetismo, pela garantia de escola de qualidade para todos. Nessa mesma semana em que aplaudimos policiais cariocas por ocuparem favelas, merecendo nossos aplausos, os chineses ocuparam o espaço sideral, acoplaram duas naves espaciais criadas por sua própria tecnologia e produção. Há décadas, nós estávamos à frente da China e da Índia em matéria de pesquisas espaciais. Agora, nosso orgulho é com a ocupação do solo urbano, enquanto eles ocupam o espaço sideral. Em breve o Irã, a Coréia do Sul e países com tamanhos e potenciais econ�?micos muito menores que os nossos estarão na nossa frente.

Da mesma forma que deixamos de perceber o absurdo de nosso atraso ético, que considera heróis os que não se corrompem, e de fato são heróis, já deixamos de comparar nosso atraso técnico em relação ao resto do mundo.

Acostumamo-nos tanto em estarmos atrasados, que comemoramos com orgulho um gesto pessoal que deveria ser normal e uma pacificação urbana que já deveríamos ter atingido tempos atrás.

Tudo isso porque não consideramos heróis os dois milhões de professores, sem salários, sem condições básicas de trabalho, sem ambiente favorável para o trabalho. O Brasil estará no bom caminho quando honesto não for herói, for apenas honesto; e quando favela não for favela, for apenas bairro. Mas isso só acontecerá quando professor também não for herói, for apenas professor, bem remunerado, bem preparado e bem dedicado. Se isso já tivesse acontecido, talvez há muito tempo já tivéssemos passado do tempo em que ser honesto é um ato heróico, e nem seria necessário comemorar a ocupação militar de parte do nosso próprio território.

*Cristovam Buarque é Professor da UnB e Senador da República



Escrito por Fala Ceará-Mirim às 08h38
[] [envie esta mensagem] []


 
  
 
 

 

 

ARQUIVO FALA CEARÁ-MIRIM 2 ANOS

RETROSPECTIVA

Projeto 015/2009 - Aprovado pelos vereadores, reprovado pelo povo

PCR do Magistério foi votado e aprovado, mas governo sofre grande desgaste

 

Mais uma vez, professores, sindicato e população em geral lotaram o salão do plenário da Câmara Municipal para defender a rejeição do projeto 015/2009 que trata do Plano de Carreira e Remuneração dos professores da rede municipal. Depois de muita confusão e protestos durante a sessão, o projeto foi aprovado pela maioria dos vereadores como esperado pelo executivo que possuía 07 edís como aliados.  Houve muito tumulto e protestos.

Alguns fatos marcantes ocorridos na sessão

- O presidente da Câmara pediu que a polícia retirasse os manifestantes do plenário;

- Desligaram o carro de som do SINTE (sindicato dos professores);

- Uma estudante foi agredida;

- Os vereadores que votaram a favor do projeto foram vaiados na saída da sessão;

- Um secretário municipal agrediu verbalmente um cidadão de frente a Câmara;

- Houveram várias críticas sobre a atitude de retirar cidadãos presentes na sessão;

- Projeto foi votado e aprovado sem discussão com a categoria;

- Categoria já faz previsão de GREVE.

É lamentável, a falta de discussão sobre o projeto já que os próprios professores o repudiavam desde o primeiro momento em que foi colocado em votação na Casa Legislativa.

Agora o executivo deve sancionar o projeto, sob os protestos daqueles que afirmam esse plano é um  desrespeito com a classe docente municipal.

As mobilizações populares que vêm ocorrendo desde o fim de dezembro são as maiores dos últimos dez anos em Ceará-Mirim.

Publicado em 28/01/2010

 



Categoria: ARQUIVO FALACM 2 anos
Escrito por Fala Ceará-Mirim às 16h50
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Ceará-Mirim não se cala!

Comentário enviado ao blog pelo amigo Tiago Cruz Spinelli (professor doutor da UFRN), filho da cearamirinense Conceição Cruz Spinelli (professora doutora da UFRN) e neto de Paulo da Cruz.

"Utilização racional da blogosfera!! Parabéns pelo blog, Ceará-Mirim não se cala!!
Tiago Cruz Spinelli |  10/01/2012 20:19"


Nota de Etevaldo Junior:

Agradeço o comentário do nosso amigo, companheiro de faculdade e hoje professor doutor da UFRN. Temos a obrigação de dar relevância social ao conhecimento adquirido em uma universidade pública. Como sociólogo temos o dever ir além das "fachadas sociais" e contribuir com uma sociedade com mais justiça social. Também aprendi isso contigo professor. Obrigado amigo.


Escrito por Fala Ceará-Mirim às 13h39
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Ao admitir vender o SAAE, prefeito assinaria atestado de incompetência


Quais os reais interesses na venda miliorária de um patrimônio público? A estratégia utilizada por gestores incompetentes é assim: sucateia depois privatiza.

Sucateiam para enganar e tentar convencer a população que a única alternativa é vender, pois ninguém aceitaria a venda se o serviço fosse de qualidade.

Em entrevista ao jornalista Iran Costa, o prefeito de Ceará-Mirim ao ser questionado sobre o SAAE ele disse: "para mim e para Ceará-Mirim seria melhor vender". Para Ceará-Mirim não dá pra ter a certeza se o serviço melhorará, mas para pessoalmente para ele com certeza será muito bom.

Privatizar é enfraquecer o Estado que tem por obrigação promover o bem comum. Privatizar é fortalecer o capitalismo que preza pelo individualismo, exploração e desigualdade. Privatizar é covardia pois se assume não ser capaz nem ter competência para administrar.



Escrito por Fala Ceará-Mirim às 02h07
[] [envie esta mensagem] []


 
  
Cientista Político Etevaldo Junior comenta  no twitter sobre eleições e política em Ceará-Mirim

Etevaldo Junior
Etevaldo_Junior Diante de algumas especulações políticas, faço aqui alguns comentários sobre nosso perfil e nossa linha de atuação política:

Etevaldo Junior
Etevaldo_Junior Minha formação política e minha ideologia política é de esquerda socialista. Nossa atuação política sempre foi progressita. Com orgulho.

Etevaldo Junior
Etevaldo_Junior Estamos construindo uma alternativa verdadeiramente nova para Ceará-Mirim, em um amplo e forte trabalho de conscientização política.

Etevaldo Junior
Etevaldo_Junior Não existe possibilidade de aliança política com grupos ou "políticos" historicamente ligados ao atraso de Ceará-Mirim.
Etevaldo Junior
Etevaldo_Junior A sociedade está cansada de usurpadores travestidos de políticos que fazem e sempre fizeram "política" em benefício próprio.

Etevaldo Junior
Etevaldo_Junior Nossa única preocupação nesse momento é lutar por justiça social e agir em defesa dos interesses coletivos do povo de Ceará-Mirim.


Escrito por Fala Ceará-Mirim às 02h05
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Atraso de salários de terceirizados da prefeitura de Ceará-Mirim e Ato Público do SINTE são destaques na impresa estadual

Disponível em http://www.tvpontanegra.com.br/60_noticia.asp?ID=43586 (clique na imagem para assistir)



Escrito por Fala Ceará-Mirim às 14h06
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Todos contra a dengue



Escrito por Fala Ceará-Mirim às 04h52
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Publicado edital do concurso público da prefeitura de Ceará-Mirim/RN

Disponível em http://www.pciconcursos.com.br/concurso/prefeitura-de-ceara-mirim-rn-412-vagas



Escrito por Fala Ceará-Mirim às 04h49
[] [envie esta mensagem] []


 
  

ARQUIVO FALA CEARÁ-MIRIM 2 ANOS

RETROSPECTIVA

Após pressão popular, Peixoto retira projeto polêmico

 

Nesta sexta-feira (22/01/2010), o prefeito de Ceará-Mirim teve uma atitude sensata e retirou o projeto 012/2009 de tramitação na Câmara Municipal. O fato foi confirmado pelo presidente da casa,  vereador Roberto Lima (PR) . O projeto trata da concessão onerosa para operacionalização dos pagamentos da prefeitura e da arrecadação secundária, por uma instituição financeira.

 

A maior polêmica está no artigo 2º, que dizia: “A concessão de forma onerosa a instituição financeira para ocupar e explorar, a título precatório, através de concessão onerosa de uso, pelo período de 5 (cinco) anos, a exclusividade da gestão da folha de pagamento dos servidores, da folha de fornecedores, da arrecadação secundária e centralizada de tributos e preços públicos municipais e de empréstimos consignados para servidores.”

 Leia na íntegra:

 

 

O projeto sofreu forte rejeição popular e isso fez com que o executivo recua-se na proposta.

 

Os poucos membros do governo que defendiam de forma intransigente o projeto ficaram agora numa difícil situação: se o projeto, na opinião deles, era ótimo, porque o prefeito fará alterações? Será que algum vai criticar Peixoto? Ou estavam defendendo apenas seus cargos e interesses pessoais? Fica a pergunta, se algum defensor do projeto quiser se pronunciar, iremos publicar com o maior prazer.

 Nosso e-mail é falacm@bol.com.br - Viva ao debate!

 P.S. Por falar em debate, a sociedade espera do prefeito uma ampla discussão sobre os principais projetos de seu governo.

 

Publicado em 23/01/2010



Categoria: ARQUIVO FALACM 2 anos
Escrito por Fala Ceará-Mirim às 04h47
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 

NOSSO E-MAIL
falacm@bol.com.br

Acesse o site de Etevaldo Junior

HISTÓRICO



>>> LINKS ATUALIZADOS

 Etevaldo Junior
[Sociólogo e Cientista Político]

 Movimento Ceará-Mirim Minha Cidade Eu Governo
 Goto Seco
 Twitter CEARÁ-MIRIM/RN
 SINTE - Ceará-Mirim
 Iran Costa
 João André
 Tá errado a gente mostra
 Educação é a solução
 Navegantes
 Fernando Siqueira
 Ceicinha Câmara
 Anderson Severo
 Blog de Ceará-Mirim
 Retratos e Canções
 Ministério Público - Ceará-Mirim


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!


Loading






XML/RSS Feed
rss
CATEGORIAS
Todas as mensagens
 ARQUIVO FALACM 2 anos